Citando o erro do Papa Francisco, Maduro pede que Congresso legalize “casamento” gay na Venezuela

O “casamento” entre homossexuais, amplamente condenado pelo Magistério da Igreja Católica, será pauta da Assembleia Nacional da Venezuela. O pedido foi do ditador do país, Nicolás Maduro, nesta última quinta-feira (22) onde citou os comentários errôneos do papa Francisco apoiando a união civil gay.

Graças à força da Santa Igreja, o “casamento” gay não é legal atualmente no país. A Assembleia Nacional está atualmente sob controle da oposição venezuelana. A oposição promete boicotar o processo eleitoral, argumentando que Maduro planeja fraudá-lo para favorecer seu partido.

O posicionamento errôneo do Papa Francisco não é magistério e, portanto, pode ser desprezado pelos católicos romanos. Francisco não falou enquanto Papa, não falou em nome da Igreja Católica. Ele falou enquanto pessoa privada, uma opinião de um cidadão comum. Este posicionamento é condenado pela Igreja e, portanto, infere-se que o Papa caiu em erro grotesco contra a lei natural. Isso faz-nos ter certeza de que Dom Lefebvre, famoso bispo que denunciava a infiltração da heresia modernista na hierarquia principalmente no Concílio Vaticano II, sempre esteve correto.

Declarou o ditador comunista Maduro:

“Eu tenho amigos e conhecidos que estão muito felizes com o que o papa disse ontem”, afirmou Maduro em um evento com líderes do Partido Socialista antes das eleições legislativas, marcadas para 6 de dezembro. “Eu vou deixar essa tarefa, a tarefa do casamento LGBT, para a próxima Assembleia Nacional”, concluiu.

Rezemos pelo Papa;

Rezemos pela Venezuela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s