É falso que Penitenciária Apostólica teria permitido comungar sem se confessar

No confessódromo - BOM DIA Luxemburgo

Tem se espalhado em algumas páginas católicas do Facebook, a informação de que um decreto da Penitenciária Apostólica teria permitido que, em tempos de pandemia, os fiéis comungassem apenas rezando um ato de contrição (e sem se confessar). Essa informação é falsa. De fato a Penitenciária Apostólica publicou um decreto tratando sobre a questão do Sacramento da Reconciliação em tempos de coronavírus, mas em nenhum lugar alterou a disciplina tradicional que obriga o fiel a se confessar antes de comungar, mesmo tendo este rezado previamente um ato de contrição perfeita. O decreto pode ser lido na íntegra clicando aqui.

(O incidente só mostra que jovens leigos não devem dar dicas de Direito Canônico nos “stories” de suas redes sociais)

absurdo
Exemplo do absurdo (a página em questão tem mais de 100.000 curtidas e, para variar, exala neoconservadorismo).

No confessódromo - BOM DIA Luxemburgo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s