Em livro, Olavo de Carvalho contraria católicos e defende que atrações gays “não são antinaturais”

No capítulo “Psicólogos e psiquiatras” de seu livro “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota” (Record, 2013), o escritor Olavo de Carvalho registrou sua opinião acerca do homossexualismo:

Não creio que a atração erótica entre pessoas do mesmo sexo seja antinatural e não vejo mesmo nenhum motivo, em principio, para classificá-la como doença.” (Olavo de Carvalho, Diário do Comércio, 2 de julho de 2012)

E ele se orgulha disso no Facebook:

OLAVO CONTRA CATOLICOS

Tal posição contraria frontalmente o ensino da Igreja Católica sobre o tema que ensina explicitamente que o homossexualismo é uma propensão desordenada para atos antinaturais:

“A homossexualidade designa as relações entre homens ou mulheres, que experimentam uma atracção sexual exclusiva ou predominante para pessoas do mesmo sexo. Tem-se revestido de formas muito variadas, através dos séculos e das culturas. A sua génese psíquica continua em grande parte por explicar. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves (103) a Tradição sempre declarou que «os actos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados» (104). São contrários à lei natural, fecham o acto sexual ao dom da vida, não procedem duma verdadeira complementaridade afectiva sexual, não podem, em caso algum, ser aprovados.

Um número considerável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente radicadas. Esta propensão, objectivamente desordenada, constitui, para a maior parte deles, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar na sua vida a vontade de Deus e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar devido à sua condição.” (Catecismo da Igreja Católica, item 2357-2358).

E também São Paulo:

“Por isso, Deus os entregou a paixões vergonhosas: as suas mulheres mudaram as relações naturais EM RELAÇÕES CONTRA A NATUREZA. Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com os outros, cometendo homens com homens a torpeza, e recebendo em seus corpos a paga devida ao seu desvario.” (Romanos 1,26-27)

Além da clara adesão ao liberalismo e ao perenialismo, Olavo também não parece seguir e ensinar os ensinamentos da Igreja Católica a respeito do homossexualismo. Seus seguidores, devem, portanto, reconhecer que seguem um lobo revestido em pele de cordeiro.

img_0402

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s