Vice-presidente dos bispos alemães espera que o Sínodo da Amazônia proponha padres casados ​​“com trabalho civil”

O bispo Franz-Josef Bode, vice-presidente dos bispos alemães, afirma em uma nova entrevista que ele “pode muito bem imaginar que também há padres com família e trabalho [civil] semelhantes aos nossos diáconos, alguns dos quais são casados. Este modelo de “padres casados com um emprego civil”, prevê ele, “provavelmente será apresentado ao Papa pelos bispos latino-americanos no Sínodo da Amazônia em outubro”. Dom Franz-Josef Bode é vice-presidente da Conferência Episcopal Alemã.

Falando com o jornal regional Osnabrücker Zeitung, o bispo Bode deixa claro que é a favor de “repensar a ligação entre o celibato e o sacerdócio”.

“Sacerdotes com um cargo civil” poderiam “celebrar a Eucaristia” e também fornecer “os serviços sacerdotais correspondentes”, diz ele.

Na visão do Bispo Bode, este modelo “provavelmente será apresentado ao Papa pelos bispos latino-americanos no Sínodo da Amazônia em outubro”. Ele explica que “a alta e apropriada estimativa do celibato deve sempre ser preservada, mas deve ser enriquecida outras formas sacerdotais de vida ”. Na mesma entrevista, o bispo alemão também fala em favor das mulheres diáconas“ como um sinal de reconhecimento, estima e mudança de status das mulheres na Igreja que hoje estão em grande número ativas em campos de caridade. e no campo do diaconado ”.

A idéia do bispo Bode de uma espécie de padre em tempo parcial que é casado e tem um emprego civil em tempo integral semelhante a um diácono é uma idéia que pode ser encontrada nos escritos do bispo Fritz Lobinger de Aliwal, na África do Sul. Lobinger escreveu vários livros nos quais ele pede uma nova liderança sacerdotal baseada na comunidade que consiste em uma “equipe de anciãos” que todos têm seus empregos e famílias comuns e que juntos administram uma paróquia e celebram a Santa Missa e administram os Sacramentos. Ele acha que as mulheres deveriam ser capazes de se tornar padres também.

O problema com esse modelo é que esses “sacerdotes com um trabalho civil” têm muito pouco tempo para receber uma formação teológica completa. Lobinger acha que a formação sacerdotal poderia acontecer durante os fins de semana e intermitentemente durante um seminário de uma semana ou mais.

O resultado poderia ser uma espécie de padre com uma formação teológica atenuada.

O papa Francisco, não muito tempo atrás, elogiou publicamente o trabalho do bispo Lobinger e seu modelo de padres casados que não são os mesmos padres tradicionais que são celibatários.

Bispo Bode é agora o segundo bispo alemão que aponta para o Sínodo Amazônico como o momento em que a Igreja se abrirá, provavelmente, a algumas mudanças fundamentais.

Significativo aqui é que o Bispo modernista Erwin Kräutler – um defensor dos padres homens e mulheres casados – é o autor do documento de trabalho para o próximo Sínodo de outubro de 2019 da Amazônia.

Dom Franz-Josef Overbeck, bispo de Essen, fez uma declaração semelhante, pedindo uma nova “imagem de sacerdote”, tendo em vista que, na região amazônica, muitas vezes existem mulheres religiosas que são influentes nas paróquias locais. “O rosto da igreja local é feminino”, explicou Overbeck, que é ele mesmo o chefe da comissão latino-americana do próprio bispo alemão, que fornece apoio financeiro e pastoral à América Latina.

Overbeck também pediu recentemente uma discussão sobre o celibato, especialmente à luz da atual crise de abuso sexual clerical.

Ele agora afirma que o Sínodo da Amazônia levará a Igreja Católica a um “ponto sem retorno” e que, a partir de então, “nada será igual a como foi”.

Os modernistas avançam e a crise aumenta. Eis o triste legado do Concílio Vaticano II.

Matéria do site LifeSite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s