Em 2038, a maioria dos padres da França celebrarão a Missa Tridentina

latin mass

De acordo com números oficiais, o número de padres católicos que rezam a Missa Nova (Novus Ordo) na França está diminuindo muito rapidamente: as estimativas apontam que, se a situação continuar como está, passarão dos 14 mil atualmente para apenas cerca de 600 em 2038.

Em 2014, apenas dois por cento dos padres católicos ativos na França eram tradicionalistas. Mas, se os mesmos sustentarem sua atual taxa de ordenações, e o sacerdócio não-tradicionalista que celebra a Missa Nova continuar sua atual taxa de declínio, no ano de 2038, mais da metade dos padres católicos na França serão tradicionalistas. 

A má notícia – a notícia catastrófica, na verdade – é que a França deixará de ter 15 mil padres católicos ativos hoje para ter pouco mais de mil, todos em 25 anos.

Se o catolicismo sobreviver na França, será por causa dos tradicionalistas. Como Centuriocoloca:

Assim, em conclusão, se a fé católica romana será salva do secularismo na França, será a realização dos grupos tradicionais de sacerdotes que celebram a Missa Tradicional, como FSSPX, FSSP e ICRSS.

No Brasil, é visto também o rápido crescimento do Instituto Bom Pastor (IBP), que, atualmente, já se faz presente em Belém, Brasília e São Paulo. Canonicamente regular, o Instituto reza exclusivamente o Rito Tridentino, prega abertamente a superioridade da ‘Missa de sempre’ em relação ao rito novo, e tem o direito – assegurado pela Santa Sé – de criticar as reformas ocorridas no Concílio Vaticano II. Rezemos pelo seu Apostolado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s