Jornal Nacional mente e afirma que ex-cardeal McCarrick era um dos ‘líderes’ do movimento americano contra o casamento gay

O programa da Rede Globo “Jornal Nacional”, transmitido neste sábado (16) afirmou que o ex-cardeal americano Theodore McCarrick foi um dos principais “líderes” da oposição ao reconhecimento do casamento gay nos Estados Unidos, com o claro intuito de associar a pedofilia e a homossexualidade de McCarrick não à suas interpretações liberais do catolicismo, mas ao seu suporto ‘conservadorismo’.

Trata-se evidentemente de uma mentira. O ex-cardeal nunca foi considerado um cardeal conservador, mas, como o próprio jornal até chega a reconhecer, era tido como um dos mais liberais do Vaticano, tendo chegado a se pronunciar publicamente a favor do reconhecimento civil das uniões homossexuais[1](o que é proibido e condenado pelo Vaticano[2]). É verdade que o ex-cardeal era contra chamar tais uniões de “casamento”, mas não é verdade, de maneira nenhuma, a afirmação de que ele exercia algum tipo de ‘liderança’ no movimento pró-família americano.

Fontes

[1] https://www.google.com.br/amp/s/www.lifesitenews.com/mobile/news/washington-cardinal-mccarrick-says-he-supports-same-sex-civil-unions-on-cnn

[2] http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/documents/rc_con_cfaith_doc_20030731_homosexual-unions_po.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s